Estilo de vida

Acenda a chama do seu casamento

Se ligue nas dicas!

Quem não se lembra do primeiro ano de casado? Flores, bombons, juras de amor e tudo que o amor permite viver. Mas com o passar do tempo o casamento esfria. Com isso aparecem as brigas, os pequenos desentendimentos e até os dias começam a ficar sem emoção. A seguir uma lista de pequenas coisas que podem lhe ajudar a acender seu casamento.

Celular: Um dos vilões o casamento. Respeite a individualidade do outro e em caso de suspeita tenha um diálogo aberto. Isso ajuda a tirar as possíveis dúvidas. A confiança é tudo!

Contas: Momento delicado onde aparecem os gastos com viagens, compras no supermercado, dívidas no cartão entre outras coisas. Sinta-se à vontade para conversar sobre o assunto para ajustar tudo certinho.

Falta de apelidos carinhosos: Com o tempo começam a serem esquecidos. Que tal relembrá-los? Ou então criar para deixar o outros que deixem a reação de vocês mais intimas?

Brigas: Sabemos que as discussões aparecem até em pequenas coisas. Não estrague o seu relacionamento fazendo uma tempestade num copo d’água. Procure estratégias para evitar o atrito.

Filhos – geralmente quando se tem criança em casa, a rotina muda um pouco porque começa com a felicidade, porém ela passa a ser o centro das atenções e algumas vezes chega junto a sensação de ter sido trocada por ela. O romantismo começa a dar espaço as preocupações e cuidados com os filhos. Aproveite, vivencie e curta juntos esses momentos.

Ciúme em excesso: Esse é o campeão na separação ou brigas entre casais. Quando existe insegurança ou controle de posse, só precisa ter cuidado ou se tornar abusivo. O sentimento de ciúme normal não atrapalha, não se torna abusivo ou não faz mal ao outro. Não causa sentimento e nem transtorno.

Existe muitos outros problemas que causam a separação mas precisamos sempre buscar soluções para chegarmos a um consenso porque afinal o casal não quer separação e por isso devemos buscar atitudes enérgicas que façam a gente repensar melhor.

Agora se existe uma traição comprovada controle excessivo do outro, agressão física e moral precisamos conversar e rever se vale a pena uma relação tão conturbada.

Lembre-se que casamento não é um aprisionamento para ambos precisam de confiança, afeto, amor próprio e respeito.

Se não foi comentado o seu problema aqui, mande nos comentários para discutirmos no próximo assunto.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, para manter o projeto online precisamos de nossos patrocinadores, por isso é importante que você inclua nosso site como exceção no seu bloqueador de anúncios.